quarta-feira, maio 23, 2007
Comunhão
Reprimirei meu pranto!... Considera
Quantos, minh'alma, antes de nós vagaram,
Quantos as mãos incertas levantaram
Sob este mesmo céu de luz austera!...

- Luz morta! amarga a própria primavera! -
Mas seus pacientes corações lutaram,
Crentes só por instinto, e se apoiaram
Na obscura e heróica fé, que os retempera...

E sou eu mais do que eles? igual fado
Me prende à lei de ignotas multidões. -
Seguirei meu caminho confiado,

Entre esses vultos mudos, mas amigos,
Na humilde fé de obscuras gerações,
Na comunhão dos nossos pais antigos.

Antero de Quental (1880-1884)
É absurdo ser protestante nesta terra...

Antonius Block
posted by @ 5:47 da tarde  
9 Comments:
  • At 23 de maio de 2007 às 18:51, Blogger CC said…

    É isso. Sola Scriptura é para newbies.

     
  • At 23 de maio de 2007 às 19:06, Blogger cbs said…

    "Crentes só por instinto, e se apoiaram
    Na obscura e heróica fé, que os retempera..."

    esse Indemonstrável Absoluto, argumento só pra crianças, segundo o João Leal

     
  • At 23 de maio de 2007 às 19:07, Blogger cbs said…

    Olha lá Antonius
    abandonaste o Proslogium?

     
  • At 24 de maio de 2007 às 09:19, Blogger David Cameira said…

    " É absurdo ser protestante nesta terra... "
    Absurdo é escreverem-se estas coisas...estes catolicos FUNDAMENTALISTAS nem com o Vaticano II melhoram...

     
  • At 24 de maio de 2007 às 13:44, Blogger João Leal said…

    cbs,

    deixe-me explicar-lhe uma coisa, se me permite:

    Nao li " Jean Guitton, Jacques Maritain, Gabriel Marcel, Leonardo Coimbra, Maurice Blondel, Paul Ricoeur... ". Mas esse argumento da libertação da crença, realmente, não é nada dificil de entender. Se na catequese se falasse disso as crianças aprendiam-na facilmente.

    De resto, confesso que não tenho pedalada para a vossa intelectualidade. De facto, até me repugna um pouco. Mas é uma questão de personalidade.

    Deus é muito importante para mim, assim como Jesus. Trata-se de uma experiência pessoal de difícil partilha. Mas percebo que a malta que ande por aqui goste disso.

    1 abraço

     
  • At 24 de maio de 2007 às 13:46, Blogger João Leal said…

    não percebo muito bem é esse clima de batalha que muitas emerge por aqui...mas, mais uma vez, se vocês gostam, ainda bem para vocês.

     
  • At 24 de maio de 2007 às 14:00, Blogger Antonius Block said…

    caro João,

    Porquê tanto "vocês" vs "eu"?

    Compartilhemos da nossa humanidade. É isso que vale a pena.

    Um abraço, em Cristo

     
  • At 24 de maio de 2007 às 14:56, Blogger João Leal said…

    "Porquê tanto "vocês" vs "eu"?"

    bom, 'vocês' porque são residentes, porque se acham cristãos e, principalmente, por esse espantoso, e incompreensível para mim, "Compartilhemos da nossa humanidade"

    1 abraço

     
  • At 24 de maio de 2007 às 14:57, Blogger cbs said…

    João
    tens razão.
    e eu não li nem metade e ~mesmo o que li mal digeri...

    desculpa,
    acho que isto da blogocoisa dá a volta à cabeça, torna-nos céptico-histéricos.

    abraço

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 
Um blogue de protestantes e católicos.
Já escrito
Arquivos
Links
© 2006 your copyright here