quarta-feira, dezembro 16, 2009
Há todas as razões do mundo para pensarmos, que a descrição científica evolucionista, e a fé religiosa numa força criadora que nos guia, não só são compatíveis, como mutuamente se reforçam. (Keith Ward)
cbs

Etiquetas:

posted by @ 10:37 da tarde  
3 Comments:
  • At 17 de dezembro de 2009 às 18:59, Blogger MC said…

    Amen!

     
  • At 18 de dezembro de 2009 às 00:44, Blogger Pedro Leal said…

    Pode parecer um pormenor, mas o facto de Deus ser uma pessoa (aliás, três) e não um força faz toda a diferença. A pessoa tem vontade própria, a força não. O universo é o resultado de uma vontade definida? Então é criação. O universo é o resultado do acaso impulsionado pela tal força? Então é evolução. Esta dificilmente me parece compatível com o Cristianismo – mas encaixa na perfeição no Budismo, por exemplo.

     
  • At 18 de dezembro de 2009 às 09:41, Blogger cbs said…

    Pedro
    como viste o homem é cristão e crê em Deus Pessoa. Mas uma pessoa também aplica a força. A expressão "Uma força criadora", no contexto, creio que não difere daquilo que dizemos de outras pessoas, por exemplo: Leonardo Da Vinci era uma força da natureza...
    Não me parece que a frase o homem tenha nada a ver com orientalismos. E a ideia base da frase é outra: compatibilidade entre a teoria (esta) e a religião (a nossa)...

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 
Um blogue de protestantes e católicos.
Já escrito
Arquivos
Links
© 2006 your copyright here