quinta-feira, novembro 29, 2007
Aprender a orar
Mais do que o sentido de humor divino, gastava de saber como Deus recebe orações como esta, da Opus Dei.
Lembra-me uma senhora da minha igreja que nas orações públicas pedia: “Senhor, remove a minha fé!”. Traída pelo fraco domínio da língua, ela trocava o “renova” pelo desastrado “remove”. Mas Deus é misericordioso, e, segundo a Palavra, olha mais para o coração do que para o que sai da boca. E, tanto quanto posso saber, à senhora da minha igreja a fé nunca foi removida.
Era bom que orações como as da Opus Dei tivessem um substrato de verdade que as tornasse dignas da atenção divina. Mas, como nestas coisas não vale a pena arriscar, fica um conselho aos amigos da Opus Dei e a outros adeptos de intercessões humanas. Copiem também um senhor da minha igreja. Nas suas orações ele nunca se esquecia de pedir: “Senhor, ensina-me a orar”.

Pedro Leal
posted by @ 9:53 da manhã  
9 Comments:
Enviar um comentário
<< Home
 
 
Um blogue de protestantes e católicos.
Já escrito
Arquivos
Links
© 2006 your copyright here