quarta-feira, junho 13, 2007
Três coisitas sobre a Fé e uma sobre a experiência 1
Alguns supõem que a fé não somente lhes é estranha, mas também inacessível, ou então, que não passa de uma forma de crendice e fraqueza, de que eles alegremente se sentem libertos.
Vejo diferente, vejo que por não conseguirem dar sentido à palavra Destino, apenas traduzem o rancor inconsciente de quem não a possui, contra quem a possui.

Essa concepção da fé como mera evasão, é uma construção do espírito, e contra ela se insurgem os factos.
Porque, na realidade a Fé é uma virtude, e pressente-se como força, uma força esclarecida e amável, que não é confundível com a credulidade cega do fanático, essa sim, fraqueza e impotência.
cbs
posted by @ 9:57 da tarde  
2 Comments:
  • At 14 de junho de 2007 às 17:37, Anonymous ateu_pouco_dado_a_rancores said…

    A técnica de inventar cenários que se prestem a justificar uns argumentos que nos dê na gana "partilhar", é pouco utilizada neste blog, mas há sempre um dia...
    Então as pessoas que não têm fé e de uma maneira geral geral os ateus, têm um sentimento de rancor pelas pessoas que são crentes?
    Todas? Algumas? É só o seu vizinho de cima?
    É que eu sei, claro, que deve haver uns tantos, mas rais ma parta se conheço algum!...
    As generalizações são tão pobres...

     
  • At 14 de junho de 2007 às 22:24, Blogger cbs said…

    Caríssimo Ateu_pouco_dado_a_rancores_mas_muito_distraído
    então “Técnica de inventar cenários”?
    Na, não tenho técnica nenhuma, mas desculpe lá este pobre-crente-generalizador… quais cenários?

    “As pessoas que não têm fé e de uma maneira geral os ateus, têm um sentimento de rancor pelas pessoas que são crentes?”
    Na, todas não, eu só disse “Alguns supõem” referindo-me a uma adâmica versão do meu amigo Ateu.
    Mas olhe… também há distraídos, conforme parece o meu amigo… e há ainda os cépticos, eu sei lá…

    quanto à vizinha de cima, não sei se lhe conte :)
    um abraço

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 
Um blogue de protestantes e católicos.
Já escrito
Arquivos
Links
© 2006 your copyright here