quinta-feira, maio 03, 2007
Para acabar com tanta concórdia
O Padre Mário da Lixa editou um livro com os Salmos numa tradução pessoal sua. A coisa é hilariante e vou citar uma das passagens assim que a copie. Com isto, naturalmente, vou querer atingir os católicos de esquerda aqui do Trento. Afinal de contas o Padre Mário de Oliveira é um Frei Bento numa versão mais colorida e sem direito a escrever no Público.

Tiago Cavaco
posted by @ 11:11 da tarde  
21 Comments:
  • At 3 de maio de 2007 às 23:29, Blogger zazie said…

    Não sei, nunca li, não me interessa puto.

    Só fica a pergunta: para que é que isso interessa se é literatura menor e os católicos não são crentes pelo facto de lerem livrinhos dos seus pastores?

    Ele é político? se é político ou tem ligações à política, tudo bem. Acho que é pertinente a crítica.

    Se é apenas tolinho com ideias de esquerda e ainda por cima má literatura, então é reactiva para nivelar por baixo.

    Ou melhor, para colocar em paralelo...

    ":O.

    Eu prefiro escolher sempre os grandes adversários que dão luta. As cabeças esquerdalhas é que reagem por esquema de facilidade idêntico, mesmo quando não se dizem esquerdalhas

     
  • At 3 de maio de 2007 às 23:30, Blogger zazie said…

    Quase se diria um post à Anacleto de jaquinzinho blasfemo...

     
  • At 4 de maio de 2007 às 00:02, Blogger zazie said…

    nem estava a ver que era o da Lixa...

    pôôô... que coisa mais básica. Não me digas que agora andas a seguir as indicações bilbiográficas dos ateuzinhos endemoninhados ...

    ":O?

     
  • At 4 de maio de 2007 às 02:23, Blogger Miguel Marujo said…

    Enganas-te, amigo Tiago. Falta ao padre Mário substância e teologia que o frei Bento tem a rodos, com ou sem salmos. Não basta zurzir só porque não se concorda ideologicamente. Era o mesmo que eu trazer aqui os escritos de alguns evangélicos (portugueses, também). ;)

     
  • At 4 de maio de 2007 às 10:55, Blogger cbs said…

    concordo com a diferenciação feita pelo Miguel.
    São padres diferentes.

     
  • At 4 de maio de 2007 às 11:10, Anonymous Gazua said…

    O Tiago só mostra que a essência do protestantismo é apenas anti-catolicismo.

    Que mais pode existir num protestante?

     
  • At 4 de maio de 2007 às 11:17, Blogger David Cameira said…

    Mas qd é q estas " almas danadas " ( danadas equivale a desgraçadas ou seja que ainda nao se entregaram á GRAÇA DE DEUS ALTISSIMO ) vão compreender que o Tiago não é protestante MAS SIM evnagélico, fundamentalista, BAPTISTA, " born again Christian "

    O evangélicos - ainda mais com este papa - estão mais proximo dos catolicos do q dos protestante , esses sim , cheios de balasfémias e sacrilégios contar a fé CRISTA BIBLICA resumida no crdo apostólico ( desde logo )

    IRRAAAAA, GRRRRRRRRRRR

    Ai a virtude da paciencia q tt me esta a faltar,
    loll

    Qt ao resto concordo com o comentador q disse: " Enganas-te, amigo Tiago. Falta ao padre Mário substância e teologia que o frei Bento tem a rodos "

    Parece q há um certo catolicismo q , em vez de preocupar com a fe BIBLICA se preocupa em psicanalizar os " não católicos "

    lol

     
  • At 4 de maio de 2007 às 12:53, Blogger cbs said…

    "...a essência do protestantismo é apenas anti-catolicismo"
    entendo isso muito bem :)

    a essencia do Sportinguismo... também é apenas anti-benfiquismo, lol
    que seria de nós, se não tivessemos lampiões a alegrar-nos com aquela maneira maníaco-depressiva de ver a História...

     
  • At 4 de maio de 2007 às 15:22, Blogger zazie said…

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • At 4 de maio de 2007 às 15:23, Blogger zazie said…

    É só dor de cotovelo por não terem grandes intelectuais como nós temos.

    E por lhes faltar o cume de todas eles: esse brilhante Ratzinger

    ":OP

     
  • At 4 de maio de 2007 às 19:04, Blogger Tiago Cavaco said…

    Apenas para esclarecer que o David Cameira está errado. Um evangélico é um protestante. Se quisermos ser mais precisos diremos que é uma sensibilidade específica dentro do protestantismo (com cerca de 100 anos). E se é certo que muita da teologia protestante clássica tornou-se bastião do liberalismo teológico, isso não obsta a existência de correntes mais conservadoras no seu meio (onde nasceu a neo-ortodoxia, caro David? Barth deveria ser canonizado).
    Acerca do anti-catolicismo, tudo muito bem. Naturalmente que também sou anti-católico. Mas quando pego no Padre da Lixa estou a fazer um favor à Igreja Romana. Aproveitem e investiguem acerca de teologia do século XX que se vão aperceber que grande parte do pensamento teológico teve origem protestante. Assim, a talhe de foice.

     
  • At 4 de maio de 2007 às 19:35, Blogger zazie said…

    Então se tem apenas 100 anos ainda precisa de levedar muito para ser qualquer coisa.

    Quanto ao ser anti-católico, dará que pensar acerca de privilégios cá na terrinha. Porque então, muito antes dos protestantes já nós tínhamos tradição islâmica.

    Como esses que por cá andam até nem parecem ser anti-católicos e têm grande tradição de culto à Virgem Maria, seria caso para pensar se não teriam mais direitos que os protestas

     
  • At 4 de maio de 2007 às 19:35, Blogger zazie said…

    Mas são bons indicadores que deitam totalmente por terra essa teoria neoconeira que apenas refere fundamentalismos no Médio Oriente

     
  • At 4 de maio de 2007 às 19:38, Blogger zazie said…

    É como o ateísmo, só existe por oposição à crença. Dá ideia que os protestantes também sofrem da mesma orfandade.

    Não conseguem ter sequer uma idientidade própria, sem precisarem de se afirmar contra tudo de onde provêm

     
  • At 5 de maio de 2007 às 11:32, Blogger David Cameira said…

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • At 5 de maio de 2007 às 11:36, Blogger David Cameira said…

    " Um evangélico é um protestante. Se quisermos ser mais precisos diremos que é uma sensibilidade específica dentro do protestantismo (com cerca de 100 anos). E se é certo que muita da teologia protestante clássica tornou-se bastião do liberalismo teológico, isso não obsta a existência de correntes mais conservadoras no seu meio (onde nasceu a neo-ortodoxia, caro David? "
    Concerteza Tiago, aliás tu já andas-te no seminári baptista a estudar isto e portanto é natural q saibas melhor q eu ...aliás até poderias ter usado aquele debate q houve no " pranto..." ( entre mim e a " mulheres estejam caladas " q agora n me lembro do nome dela ) em q se discutia a identidade dos protestante e dos evangélicos.

    Reconheço humildemente q tens razão
    Mas eu estava a usar a expressão " protestante " no sentido dos movimentos que, na actualidade, mais lhe dão força e fama mediática, OS DO LIBERALISMO TEOLÓGICO.

    Mas, de facto, se Lutero hoje visse em q se tornaram alguns Luteranos...tinha de fazer a Reforma outra vez !

    E sim é verdade, os FUNDAMENTALISTAS não quizeram inventar uma religião nova mas antes redescobrir e reerguer o FUNDAMENTO, bastião e baluarte da fé " uma vez por todas entregue aos santos "

    MARANATA

     
  • At 5 de maio de 2007 às 12:38, Blogger cbs said…

    MARANATA David?
    trocas-me os olhos, com tanta exclamação sacra :)))

    Maranata... não era um grupo musical do saudoso António Sala? que aparecia muito católico na télevisão?

     
  • At 5 de maio de 2007 às 12:39, Blogger cbs said…

    Não te chateies com as brincadeiras, David... mas tu és um granda-cromo :)

    abraço

     
  • At 5 de maio de 2007 às 13:30, Blogger zazie said…

    Volto a fazer a pergunta aqui:

    há algum protestante no blogue?

    Era só para perceber o cabeçalho. Só vejo evangélicos

     
  • At 5 de maio de 2007 às 14:02, Blogger David Cameira said…

    Cbs,

    Estás a chegar lá...tás a chegar lá

    Obviamente q não me chateio ctg e ate te concedo a indulagencia suficiente para me achares cromo a tua vontade, lollll

    " Maranata... não era um grupo musical do saudoso António Sala? que aparecia muito católico na televisão? "
    pois era mm isso ...só q o Tó Sala até era adventista primeiramente e antes de mais e grupo costumava cantar nos metros nos idos de antigamente, depois ele começou-se a aproximar a Renascença e a aparecer em " bué " de programas católicos.

    Talvez por isso tenha chegado ao estrelato? Olha mas pelo menos não é a " Brit " Spears , lollll

    Mas olha q a outra do " LIKE A VRGIN " E a mastrbar-se em palco ( ou pelo menos a fzer o gesto disso ) tb não é melhor peça ....

     
  • At 6 de maio de 2007 às 00:59, Anonymous Anónimo said…

    Apenas um esclarecimento quanto à idade dos evangélicos. Os baptistas vão a caminho dos 400 anos como denominação.

    Pedro Leal

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 
Um blogue de protestantes e católicos.
Já escrito
Arquivos
Links
© 2006 your copyright here