quinta-feira, setembro 17, 2009
Constatação
Uma constatação para os cristãos politicamente mais a leste ou entretidos com ideologias.
José Sócrates, e os à sua esquerda, defendem o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a adopção de crianças por homossexuais. Manuela Ferreira Leite, e os à sua direita, defendem o casamento tal como foi instituído por Deus (Génesis 2:24).

Pedro Leal
posted by @ 11:53 da tarde  
6 Comments:
  • At 18 de setembro de 2009 às 17:30, Blogger MC said…

    e aquando das famílias poligámicas...Deus passou pelas brasas, certo?

     
  • At 19 de setembro de 2009 às 22:42, Blogger Pedro Leal said…

    mc

    Deus permitiu a poligamia, mas não a instituiu. É diferente. Mas, seja como for, a questão com os casamentos homossexuais é qualitativa - homem e mulher são os dois elementos do casamento. A questão da monogamia é quantitativa - se se pode estar em vários casamentos ao mesmo tempo.

     
  • At 21 de setembro de 2009 às 23:03, Blogger MC said…

    Pedro,

    não vejo forma de falarmos da Lei de Deus, sem nos "embaraçarmos" nas palavras. A Lei de Deus é o próprio Deus. Onde é que está a sabedoria que O alcança?

    Isto está poético, não? ;)

    Para seres um justo juiz de ti próprio e dos outros, é bom que distingas a vocação da humanidade e a vocação particular de cada um.

    A vocação da humanidade é o "crescei e multiplicai-vos". A vocação de cada um, é construída na consciência do próprio e nos passos que ousar dar.

    Não sei se não te estás a "enlaçar" na questão quantitativa e qualitativa. Porque é que uma relação entre um homem e uma mulher é qualitativa. E entre dois homens ou duas mulheres, não é?

    Já sei, vais falar-me na Bíblia. Já sabemos que, aparentemente, a lemos os dois de forma diferente.

    A diferença, para mim, é que a Bíblia não consegue conter toda a revelação de Deus. Porque a Bíblia é a revelação de Deus, interpretada por homens. Consegues acompanhar-me? ;)

    As relações homossexuais, são um desafio para vermos o que Deus nos quer dizer por elas. Eu que estou "fora" desse mundo, sinto-me interpelada por ele.

    Agradeço a tua atenção, sempre. talvez porque me queiras converter?! ;)

     
  • At 22 de setembro de 2009 às 15:00, Blogger zazie said…

    recisamente, Pedro LeaL,

    O problema é que as pessoas de esquerda têm uma fé ideológica maior que a fé em Deus.

    E tens razão- é uma vergonha alguém que se diz católico apoiar estes ogres comunas.

    Comunas, que é o que eles são e sempre foram.

     
  • At 22 de setembro de 2009 às 15:02, Blogger zazie said…

    errata:

    Precisamente.

    E é uma vergonha ainda ser preciso ouvir-se isto de evangélicos.

    Uma vergonha- esta malta nem tem a menor noção que apoiam regimes piores que o nazi.

    A menor noção- é só esquentamento de "primeiros amores de juventude que nunca se esquecem".

    Sempre à custa de tirar partido dos "probrezinhos"- de espírito- acrescento eu.

     
  • At 22 de setembro de 2009 às 23:40, Blogger Pedro Leal said…

    MC

    Sim, voltamos sempre à autoridade da Palavra – é ela que tem autoridade sobre mim ou sou que tenho autoridade sobre ela?
    Quanto à minha atenção, é mera reciprocidade - uma “troca de galhardetes” entre (quase) vizinhos fica bem… ;)

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 
Um blogue de protestantes e católicos.
Já escrito
Arquivos
Links
© 2006 your copyright here