terça-feira, março 24, 2009
Hoje lembrei-me daquele pastor, que numa aula do Seminário nos disse, com um sorriso cúmplice, acerca de uma passagem particularmente ambígua da Bíblia

- "Claro que não vamos falar disto aos nossos crentes. Só iria lançar a confusão nas suas cabeças."

JL
posted by @ 8:18 da manhã  
2 Comments:
  • At 24 de março de 2009 às 15:57, Blogger Vítor Mácula said…

    Muito ao jeito de certa pastoral católica LOL

    Acrescente-se que tem um fundo de genuína pastorícia, no sentido de que certas questões, exegéticas ou teológicas, podem produzir equivocados trambolhões; a pastoral é uma actividade muito complexa e difícil (e lá estou eu a complicar ;)

    Mas nada de tal significa que "esconder a verdade" ou "fugir a questões genuínas da assembleia ou paróquia" corresponda a uma adequada e cristológica pastoral, como é evidente. Há é que ter em conta o terreno humano concreto em que Deus lavra, penso eu.

    abraço, João

     
  • At 25 de março de 2009 às 08:31, Blogger Joao Leal said…

    100 % de acordo, Vitor.

    Acho que esta atitude do pastor foi bem sensata e, a meu ver, nada tem de não-divina.
    Se o problema for posto por uma das ovelhas, então fala-se dele.

    1 abraço

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 
Um blogue de protestantes e católicos.
Já escrito
Arquivos
Links
© 2006 your copyright here