quarta-feira, março 12, 2008
Alguém me explique?
Sob o tema dos novos pecados mortais:

..."Confissão em 15 ou máximo 20 dias antes ou depois de cometer o pecado, comunhão, oração segundo as intenções do papa, pureza e caridade", disse o clérigo.

- monsenhor Gianfranco Girotti, responsável pelo tribunal da Cúria Romana
numa reportagem do jornal BBC

O que quero saber é o significado do tal "antes" (ênfase minha). Quer dizer, posso fazer o que quiser desde que vá à confissão com antecedência? Isto era incentivo para me tornar católico se não fosse tão ridículo. Pouças! Pequemos, que a graça abunde!

-Scott
posted by @ 9:18 da manhã  
11 Comments:
  • At 12 de março de 2008 às 10:31, Blogger CC said…

    Não te ocorreu que fosse erro da transcrição, claro.
    Pouças!

     
  • At 12 de março de 2008 às 12:02, Blogger Tiago Cavaco said…

    O autor do post que assine.

     
  • At 12 de março de 2008 às 12:38, Anonymous Gabriel Silva said…

    para o Scott:

    ainda não foi desta que se fixou um salvo-conduto. E sim convém ter cuidado com algumas traduções.

    Fcia aqui o paragrafo relativo a esta matéria:

    «Nicola Gori - Não parece que as condições para ter indulgências sejam leves?

    Gianfranco Girotti - Se juntamente às condições impostas - confissão sacramental, não mais do que há 15 dias antes ou depois da indulgência, comunhão eucarística e oração segundo as orações do pontífice – pensemos que para adquirir a indulgência também é pedido um grau de pureza e sinais de ardente caridade, coisas difíceis à nossa fragilidade, então diria que aquilo que está estabelecido não é de se minimizar.»

     
  • At 12 de março de 2008 às 13:31, Blogger Pedro L. said…

    Uma breve volta pela net e dá para perceber que todos os grandes jornais do Brasil apresentam a notícia como o Scott a transcreveu. O mesmo fez o site Católicos na Rede, por exemplo. O que, sendo o Brasil o “país mais católico” do mundo, dá a este “antes” um grande potencial impacto. Também é curioso que ninguém, nesse ambiente tão católico, tenha achado desajustada a afirmação.
    Mas, seja como for, é bom ler o que diz quem percebe de catolicismo. Lá andam as indulgências, as intermediações (se as orações não forem as do Papa como é?), os rituais (comunhão), os prazos administrativos… O que é que isto tudo parece quando comparamos com simplicidade do Evangelho? “Se confessarmos os nossos pecados ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” (I João 1:9).

     
  • At 12 de março de 2008 às 15:10, Blogger Nuno Fonseca said…

    "Forgive me, Father, for what I'm about to do"

    -- Bill Hicks, comediante americano

     
  • At 12 de março de 2008 às 19:27, Blogger Luís said…

    Isso é obviamente um lapso. Não é isso que é preocupante.

    O que é preocupante é a lista completamente arbitrária e ao sabor da época sem qualquer conteúdo espiritual, no pior legalismo possível e imaginável. Depois vem coisas simplesmente incompreensíveis como "agora os pecados são globais e antes eram individuais". Enfim...

     
  • At 12 de março de 2008 às 21:22, Blogger samuel said…

    "Lá andam as indulgências, as intermediações (se as orações não forem as do Papa como é?), os rituais (comunhão), os prazos administrativos… O que é que isto tudo parece quando comparamos com simplicidade do Evangelho?"

    Qual é a sua dúvida, caro Pedro L?

    Burocracia é a ciência que inventa dificuldades para a seguir se poder vender as facilidades.

     
  • At 13 de março de 2008 às 00:03, Blogger Luís said…

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • At 13 de março de 2008 às 10:36, Blogger Scott said…

    CC - Se foi má transcrição a grande maioria dos jornais em português como inglês transcreveu a mesma coisa. Por isso achei marcante.

    Gabriel - Não creio que se trate de uma má tradução uma vez que o mesmo apareceu em tantas fontes noticiárias.

    Luís - Acho que isso é o mais importante. Ou seja, quem somos nós para classificar os pecados quando basta um para nos afastar do Senhor?

    A todos - Peço desculpas pelo lapso meu em não "transcrever" o meu nome no poste. Mas não se esqueçam que no painel de editar, vê-se o nome do autor. Para os que não têm acesso, também não precisam saber... Afinal isto é entre irmãos, não é? eh eh vou fazer ablução

     
  • At 14 de março de 2008 às 15:09, Blogger David Cameira said…

    Essa da confissão por antecipação...tanbém envolve o SEXOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO ?

     
  • At 14 de março de 2008 às 16:11, Blogger cbs said…

    David
    o sexo não é pecado homem de Deus!

    e é coisa muito natural e ecológica, tu não vês os bichinhos...

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 
Um blogue de protestantes e católicos.
Já escrito
Arquivos
Links
© 2006 your copyright here